Lição de Casa

Lição de Casa

Iniciamos o trabalho de “reforço” do que é vivenciado na escola, por meio de lições de casa. Nosso objetivo é proporcionar à criança um momento pessoal e autônomo, onde ela terá a oportunidade de se deparar com exercícios semelhantes aos realizados na escola com a professora, a fim de verificar e reforçar o andamento de seu processo cognitivo, auxiliando o processo de ensino aprendizagem.

Aproveitamos para ressaltar alguns aspectos importantes:

 

  1. Ter um lugar reservado para realizar as tarefas, mas que ofereça a oportunidade de um discreto acompanhamento;
  2. Organizar um horário na rotina diária da criança para a realização das tarefas escolares;
  3. Ter em uma caixa, à mão da criança, cola tesoura, lápis de cor, lápis grafite, borracha etc.;
  4. Estar disponível para quando solicitado poder ajudar na lição. A colaboração é bem vinda, mas resolver a tarefa pela criança não a ajuda na aprendizagem;
  5. Demonstrar interesse pela tarefa que será realizada e pelo produto do trabalho;
  6. Ouvir da criança o que deve ser feito e, caso não coincida com o enunciado, tentar explicar-lhe novamente. Caso a criança esteja convicta, que o que ela diz é o que deve ser feito, deixá-la fazer como acredita.
  7. Se perceber algum  erro, não apague, questione a criança pedindo que observe, leia, preste atenção ao que fez. Se ainda assim ela não perceber o erro, deixe a lição conforme está para que a professora reoriente a criança;
  8. Proporcione acesso a materiais de leitura como: livros, gibis, jornais, revistas, cartilhas velhas etc.;
  9. Em lições de recorte de palavras tenha em casa cartilhas velhas, jornais e revistas. Deixe-a procurar sozinha o que precisa, indique-lhe apenas duas folhas de procura, pra que ela não perca a concentração coma as figuras ou com o desanimador volume de palavras desconhecidas. Deixe-a recortar e colar sozinha para que a professora verifique suas habilidades de reconhecimento e classificação;
  10. Ajude-a a ser cuidadosa e organizada, para que ela possa se sentir bem sucedida na vida escolar;
  11. Se você perceber que seu (sua) filho (a) deseja e pode ir além do proposto, sem errar ou fugir do objetivo, não o limite;
  12. Procure ser o informante de seu (sua) filho (a) apenas naquilo que não foi estudado. Dar uma palavra ou texto pronto para a criança apenas copiá-lo, não o (a) ajudará a aprender.
  13. Respeite a ideia dele (a), mesmo que não lhe pareça muito boa. Ele (a) se sentirá mais realizado (a) e seguro (a) escrevendo sua própria ideia;
  14. Anime-o a fazer a lição com prazer, e não a intenção de desobrigação de uma responsabilidade que lhe foi atribuída.
  15. A professora sempre incentiva a criança a colocar seu nome e a pintar a atividade, em casa ela pode ser estimulada da mesma forma.

Boa sorte, esperamos que este seja um momento árduo de trabalho para vocês, mas também de mútuo prazer pela descoberta da mágica de aprender com alegria!

 

Fale Conosco

Rua Jaguari, 364 - Bosque da Saúde    
CEP 04137-080 - São Paulo - SP    
Fones: (011) 2276-1177 / 2276-1280 / 2276-1800 
 

Localização

Sistema de Ensino